Aneel empurra gastos com energia industrial para consumidores

29

A Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), tarifa cobrada nas contas de luz das indústrias, será aplicada agora aos consumidores residenciais. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a mudança que pode representar um aumento de mais 8% na conta de luz dos consumidores.

Uma ação movida pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace) fez com que a Aneel revisse essa cobrança. A justiça desobrigou as empresas de arcar com os valores da CDE e agora alguém tem que pagar a conta e adivinhem para quem sobrou?

Sobrou para os consumidores comuns, que terão de arcar um rombo de R$ 1,6 bilhão. Inicialmente, o valor será pago pelas distribuidoras de energia, que poderão repassá-lo aos consumidores por meio de reajustes das tarifas. De acordo com a Aneel, que recorreu à decisão judicial, a agência tentará reverter essa situação.

Da Redação
Foto: Divulgação