Brasileiro diretor de faculdade de medicina executado com tiros de pistola

26

O brasileiro Thiago Philippe de Oliveira Cordel, 31 anos, diretor da Faculdade de Medicina na Universidad San Sebastian (UASS), de Pedro Juan Caballero, foi executado a tiros de pistola, pouco depois das 19h dessa terça-feira. O crime ocorreu na região central de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia localizada na fronteira com o Brasil, em Ponta Porã.
Segundo as poucas informações liberadas pela polícia paraguaia, Thiago chegava em sua casa, localizada na Rua Natalício Talavera, bairro General Diaz, em um veículo Civic com placas brasileiras de Alvorada do Sul, Paraná, quando foi surpreendido pelos matadores. A dupla estava em um veículo que ainda não estaria identificado, e efetuou diversos disparos em direção ao diretor.
Thiago foi atingido com dezenas de tiros de pistolas calibre nove milímetros, principalmente na parte superior do corpo. Ele chegou a ser socorrido por familiares e foi levado ao Centro Médico, mas morreu antes mesmo de receber atendimento.
A polícia paraguaia informa estar empenhada em esclarecer o crime, mas, ao mesmo tempo em que relata não ter pistas sobre a autoria, informa não descartar a hipótese de acerto de contas.