Deputada defende atuação do Exército em áreas de conflito

22

por Jhoseff Bulhões

A deputada Mara Caseiro (PTdoB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão plenária desta terça-feira (17), para alertar as autoridades com relação à retirada de tropas do Exército Brasileiro da região de Antônio João, município à 325 km de Campo Grande. A chamada Operação Dourados foi desencadeada por determinação da presidente Dilma Rousseff (PT), começou dia 1º de setembro e teve como objetivo evitar o enfrentamento entre indígenas e produtores rurais.

Cerca de 1,2 mil militares participaram da ação, que contou com equipes de outros órgãos de segurança pública, estaduais e federais, do Departamento de Operações de Fronteiras (DOF) e da Força Nacional de Segurança. A operação foi encerrada no último dia 15 de novembro.

“Tenho muita preocupação e faço um apelo para que a presidente [Dilma Rousseff] e o ministro da Justiça [José Eduardo Cardozo] não permitam a retirada das tropas e faço um apelo ao Exército também”, afirmou a deputada Mara. Segundo ela, há risco de confronto caso não haja reforço da segurança na área de fronteira. (Com Assessoria)

Foto: Roberto Higa