Doriva minimiza chance de sair no fim do ano: “Outras portas vão se abrir”

27

Gazeta Esportiva/JB

As duas vitórias consecutivas – contra Coritiba e Sport – no Campeonato Brasileiro levantaram o ânimo do São Paulo para a reta final do torneio. Mesmo assim, continuam as especulações sobre uma possível saída do técnico Doriva, principalmente se o objetivo da classificação para a Copa Libertadores do próximo ano não for alcançada.

O treinador, no entanto, não vem mostrando preocupação com uma possível troca de comando após o final da temporada. “Sinceramente, eu não estou preocupado com isso. Quero fazer o meu trabalho, vou trabalhar para fazer o meu melhor. Se eu não continuar, outras portas vão se abrir. Sou um profissional e faço o meu melhor onde quer que eu esteja”, disse o comandante tricolor após o triunfo por 3 a 0 sobre o Sport, no sábado.

A pressão sobre Doriva aumentou principalmente após a eliminação na Copa do Brasil, diante do Santos, com duas derrotas por 3 a 1. Em campo, a desorganização e falta de entrosamento da equipe levantaram hipóteses de um possível ambiente pesado nos bastidores do elenco, boato que foi desmentido pelo técnico.

“O ambiente em nenhum momento foi ruim. Lógico que todos ficam chateados por conta do resultado, da eliminação, mas não tem nada de errado. Estamos pensando no momento, pensando em conquistar essa vaga no G4 que te dá a possibilidade de pensar em 2016. Temos que nos focar nesses jogos que restam, como a gente foi focado hoje. Depois é que vamos planejar o ano que vem”, falou.

 Quebra de tabu

Com o triunfo sobre os pernambucanos na última rodada, Doriva chegou a um feito que o São Paulo não conseguia desde o início de julho, na 13ª rodada do Brasileirão: vencer dois jogos consecutivos. Na ocasião, o Tricolor venceu Vasco (4 a 0) e Coritiba (3 a 1), mas teve a sequência interrompida com o revés ante o Sport (2 a 0) na Arena Pernambuco.

Para tentar emendar a terceira vitória, o que também não acontece há tempos (desde a 7ª rodada), o São Paulo terá de bater o Cruzeiro, no próximo domingo, no Estádio do Mineirão.