Em novo prédio, Centro de Atendimento da Mulher passa de 120 para 260 atendimentos por mês

31

por Jhoseff Bulhões

Com um salto na qualidade das instalações e possibilidade de atendimento de mais de 260 mulheres por mês, vítimas de violência, o Centro Especializado de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – CEAM Cuña M’Baretê, localizado na região central da Capital, foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (16), com a presença da vice-governadora e secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Rose Modesto, da primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja e da subsecretária da Mulher, Luciana Azambuja Roca.

As novas instalaIMG_4413-672x372ções se fizeram necessárias diante da precariedade da antiga sede, com capacidade de atendimento de apenas 120 mulheres/mês, e da necessidade de uma estrutura maior.

Fato esse confirmado pela vice-governadora em sua fala. “Essa nova estrutura só mostra o quanto o Governo do Estado tem um olhar sensível com quem não pode esperar mais. Para os profissionais que aqui trabalham, agora em boas condições, tanto para as mulheres vítimas de violência, essa nova estrutura era totalmente necessária. Vamos poder atender mais e com muito mais conforto para essas mulheres”, disse.

Além do prédio novo, o novo CEAM Cuña M’Baretê oferecerá atendimento psicossocial às mulheres que sofreram violência, incluindo psicoterapia, em local adequado para acolhimento, equipe capacitada e sensibilizada sobre a questão da violência de gênero, com espaços para triagens e terapias.

Foto: Leca/Assessoria