Esporte pouco conhecido abre escolinha para crianças da Capital

41

Será que aquela criança mais troncudinha, mais gordinha, mais baixinha ou que não corre pode participar de algum esporte coletivo, como futebol ou basquete? A resposta certamente será negativa, já que para cada esporte é exigido um biotipo diferente: pessoas altas jogam basquete e habilidosos vão para o futebol. Mas, se seu filho não tem essas características, ele pode se encontrar jogando rugby. Isso mesmo, um esporte pouco difundido no Brasil, mas que estará presente nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.
O Campo Grande Rugby Club foi fundado em 2002 por quatro amigos que conheceram o esporte em universidades de São Paulo e do Paraguai, e que para não perder o contato com o esporte resolveram montar uma equipe aqui, em Campo Grande.
Segundo o treinador da criançada, Raphael Martinez, o rugby é um esporte coletivo diferenciado, pois nele se trabalham cinco importantes pilares que as crianças vão levar para o resto da vida: integridade,  paixão, respeito, disciplina e espírito de equipe: “Queremos que as crianças aprendam o esporte e garantam o futuro de nossa equipe”, afirma o técnico.