Jovem usa redes sociais e faz campanha para vítimas de MG

29

por Daniela Lacerda

Um especialista em Gestão Ambiental, que vive em Ipatinga e passou muito perto da tragédia que assolou Mariana (MG), resolveu fazer diferente da maioria das pessoas que estão só reclamando nas redes socais da falta de ação para ajudar os morad01abrefotoPauloguilhermeores da região, criticando as pessoas que se solidarizaram com a França, postando a bandeira do país em sinal de luto pelas 129 pessoas mortas, numa série coordenada de ataques terroristas.  “A ideia foi não ficar só reclamando, fazer algo de concreto, algo que faça diferença na vida dessas pessoas”, diz Paulo Guilherme Martins. Leia a matéria completa na edição desta terça-feira no JNE (Jornal Notícias do Estado)

Foto: Reprodução