Maníaco líder de seita americana tenta se matar no Presídio Federal

31

por Avelino Neto

Com mandado internacional o americano Victor Arden Barnard (53), apontado como líder de uma seita religiosa nos Estados Unidos e que responde a mais de 50 acusações de abusos sexuais contra crianças e adolescentes, teria tentado se matar na manhã desta terça-feira (17), noa cela onde está recolhido no Presídio Federal em Campo Grande. Leia a matéria completa nesta quarta-feira na edição do JNE (Jornal Notícias do Estado)

Foto: Reprodução