Avelino Neto

ptranNa manhã desta terça-feira (1º) o Presídio de Trânsito de Campo Grande (Ptran) passou por uma Operação Pente-Fino realizada pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), sob o comando da Diretoria de Operações e apoio do Batalhão de Choque – BPChoque.  As vistorias ocorreram no Pavilhão II, galerias A e B, com o objetivo de apreender materiais ilícitos, coibir irregularidades e verificar a situação das celas.

As revistas duraram cerca de três horas e meia e foram realizadas por 19 agentes penitenciários. Quarenta e seis policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar participaram da ação, na retirada e contenção dos internos. A Gerência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Gisp) acompanhou os trabalhos. Segundo o diretor do Ptran, Claudiomar Suszek, a operação transcorreu sem nenhuma alteração.

Conforme relatório apresentado pela chefia de disciplina do presídio, foram apreendidos 18 celulares, 15 carregadores, quatro chips, nove fones de ouvido, três cabos USB, três baterias avulsas e um cartão de memória, além de várias porções de maconha e cocaína. Os materiais estavam escondidos em diferentes lugares, entre eles vaso sanitário, bíblia e em meio a roupas.