por Jhoseff Bulhões

Mostrar como a educação pode ser uma ferramenta de transformação para o agronegócio. Este é o objetivo do MS Agro 2015, seminário promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e pela – Associação dos Produtores de Soja de MS (Aprosoja), que acontecerá no dia 27 de novembro. O evento será lançado oficialmente nesta terça-feira (10), na sede do Sistema Famasul, a partir das 8h.

O evento é tradicional e consta na agenda dos produtores rurais como uma oportunidade de atualização e de orientação para a tomada de decisão para o próximo ano e, justamente por isso, é realizado no final de novembro. “Já trabalhamos nas edições anteriores temas relacionados à economia, à política, entre tantos outros, mas nesta edição vamos trazer uma reflexão sobre o efeito da educação no futuro do agronegócio.

Em uma abordagem ampla sobre o tema, no intuito de mostrar o papel da educação para a transformação de um país, em todas as esferas, seja política, econômica ou social”,  destaca a gestora do Departamento de Economia do Sistema Famasul, Adriana Mascarenhas.

Com o tema ‘Educação – A certeza de um futuro sustentável’, o evento trará especialistas para abordar o reflexo da melhora educacional no país no âmbito econômico e político.  O MS Agro 2015 contará com a participação do professor doutor  Luiz Felipe Pondé, colunista do Jornal Folha de São Paulo; do economista André Perfeito, analista de conjuntura política brasileira e internacional; e do cientista político, doutor Carlos Melo.  Além disso, no final do evento, haverá um talk show com os palestrantes e participantes do evento, com a moderação da jornalista Salette Lemos.

Os números do PNADs – Panorama da Educação Brasileira mostram a relevância do tema que será abordado no evento, considerando o atual cenário educacional do País. Segundo o PNADs, apenas 5,69% das pessoas com 22 anos completaram o ciclo escolar em 2013. Apenas 40% da população com 22 anos de idade concluiu o ensino médio em 2013. Em nível estadual, somente 75,5% das crianças de 4 e 5 anos frequentam a escola, a média nacional é de 81,3%.

MS Agro 2015 – O seminário tem como missão fomentar a discussão de temas estratégicos para a competitividade do agronegócio de Mato Grosso do Sul. Além disso, tem como objetivo discutir temas estratégicos, questões relacionadas às tendências de mercado e o cenário macroeconômico para  setor. Com carga horária de 4 horas, o evento traz conceituados palestrantes e assuntos pertinentes para incitar o desenvolvimento, a reflexão e a troca de ideias.

Foto: Divulgação/Assessoria