CPI do Cimi inicia oitivas na Assembleia

30

Por Jhoseff Bulhões

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada para investigar a atuação do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) junto às comunidades indígenas em Mato Grosso do Sul iniciará as oitivas nesta terça-feira (13), às 14h, no plenário Deputado Júlio Maia, na assembleia legislativa.

Serão ouvidos o sociólogo e jornalista Lorenzo Carrasco e o jornalista Nelson Barretto. Também está prevista reunião da comissão para a quarta-feira (14), às 14h, no mesmo local. Lorenzo Carrasco é autor do livro Quem manipula os povos indígenas contra o desenvolvimento do Brasil e coautor dos livros Máfia Verde: o ambientalismo a serviço do governo mundial e Máfia Verde 2: ambientalismo, novo colonialismo. Nelson Barretto é autor dos livros Revolução Quilombola e Tribalismo Indígena: Ideal Comuno-Missionário para o Brasil no século XXI: 30 anos depois.

A CPI é presidida pela deputada Mara Caseiro (PMDB). Marquinhos Trad (PMDB) é o vice-presidente e Paulo Corrêa (PR) o relator. Pedro Kemp (PT) e Onevan de Matos (PSDB) são os outros membros do grupo de trabalho. São suplentes os deputados Beto Pereira (PDT), Marcio Fernandes (PTdoB), Angelo Guerreiro (PSDB), João Grandão (PT) e Antonieta Amorim (PMDB). (Com informações da AL/MS)

Foto:  Victor Chileno