Gazeta Esportiva

Com 99% de chances de ser campeão brasileiro em 2015, segundo os cálculos do matemático Tristão Garcia, Cássio não se importa com o adversário contra o qual a conquista será confirmada. O goleiro do Corinthians só espera poder comemorar logo.

“Muita gente falava que seríamos campeões em cima do São Paulo. Quero ser campeão o mais rapidamente possível, contra quem for e em qualquer lugar”, avisou Cássio. “O que quero é ser campeão”, repetiu.

“O mais rapidamente possível” seria no próximo fim de semana. Para ratificar matematicamente o hexacampeonato brasileiro nessa 34ª rodada, o Corinthians precisará vencer o ameaçado Coritiba em Itaquera e contar com um tropeço do Atlético-MG diante do Figueirense, no Orlando Scarpelli.

“A gente dificilmente perde o título, mas você deve estar sempre atento no futebol. O Corinthians tem que manter a humildade e trabalhar bem a semana toda para fazer um grande jogo no sábado, além de secar o Atlético”, comentou Cássio.

O discurso do restante da equipe é parecido. O técnico Tite conseguiu conscientizar o seu elenco sobre a importância de não se deixar levar pelo grande momento, mesmo após a vitória por 3 a 0 sobre o segundo colocado Atlético-MG, no domingo, no Independência.

“Vamos comemorar quando matematicamente bater campeão. Não sei quando será. Estou pilhado para caramba, com a perna balançando. Deixa quieto por enquanto”, esquivou-se Tite, após o resultado positivo obtido em Belo Horizonte.

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press